Quanto preciso ter de entrada para financiar um apartamento?

12.Junho.2019

Muita gente sonha em sair do aluguel e ter um cantinho para chamar de seu. Embora isso exija planejamento, o processo pode ser mais simples do que você imagina! Hoje, existem no mercado vários tipo de créditos imobiliários que podem auxiliar você a financiar um apartamento, por exemplo, e realizar essa conquista.

Quando o assunto é financiar um apartamento, várias dúvidas podem aparecer e a principal delas é em relação ao valor necessário para dar a entrada no imóvel. A verdade é que isso vai depender muito do tipo de imóvel que você escolher, linha de crédito e outros fatores.

Veja a seguir, algumas respostas para as principais dúvidas sobre valores de entrada para quem quer financiar um apartamento.

Se eu comprar um apartamento na planta, a entrada será menor?

Um fator de grande peso no valor de entrada do financiamento é, sem dúvidas, o tipo de imóvel que você vai escolher. As regras são diferentes para imóveis novos e usados, e a entrada para apartamentos na planta também pode ser facilitada.

Quem deseja financiar um apartamento pela Caixa Econômica Federal, por exemplo, deve desembolsar cerca de 30% do valor do imóvel, caso ele seja usado. Para os apartamentos novos, essa taxa fica em torno de 20%. Trata-se de uma diferença considerável e que pode deixar o sonho da casa própria mais acessível para muita gente.

No caso de propriedades na planta, além de o valor de entrada ser menor, é possível facilitar esse pagamento. Você tem a possibilidade de negociar descontos com a construtora e também diluir o valor da entrada em parcelas que podem ser pagas até a entrega das chaves.

Leia também: Por que comprar um apartamento antes de se casar?

Posso usar o FGTS para dar a entrada no financiamento?

Sim. Essa é uma ótima opção para pessoas que possuem mais de três anos de trabalho com carteira assinada, pretendem comprar um imóvel de até R$ 1,5 milhão e contam com recursos acumulados no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O dinheiro do benefício, seja de contas ativas ou inativas, pode ser usado para pagar a entrada do apartamento pelo Minha Casa Minha Vida, assim como pagar total ou parcialmente o imóvel e liquidar o saldo devedor do financiamento.

Veja também: Primeiro imóvel: por onde começar.

Preciso dar entrada, mesmo se for financiar pelo Minha Casa Minha Vida?

O valor de entrada vai depender da sua faixa de enquadramento do Minha Casa Minha Vida. As famílias que optarem pelo programa podem usar o dinheiro do subsídio do governo para pagar parte ou a totalidade da entrada, dependendo do valor do imóvel escolhido. Veja em qual faixa você se enquadra:

Faixa 1,5: renda familiar de até R$ 2.600

Pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa com taxas de juros de apenas 5% ao ano e em até 30 anos para pagar, com subsídios de até R$ 47,5 mil.

Faixa 2: renda familiar de até R$ 4.000

Pode receber um subsídio de até R$ 29.000 para abater no financiamento. A taxa de juros é bem baixa, no máximo 8% ao ano, e você vai ter até 30 anos para pagar.

Veja mais sobre o programa em: Saiba tudo sobre o Minha Casa Minha Vida.

O que mais eu preciso saber para financiar um apartamento?

O canal no YouTube da BRZ Empreendimentos conta com uma playlist todinha dedicada a quem deseja financiar um apartamento. Nela, o especialista em crédito imobiliário, Victor de Paula, esclarece dúvidas relacionadas a valores de entrada, documentação necessária e muitas outras.  Acesse a playlist aqui e fique por dentro!

Casal na entrega do Portal Caminhos das Pedras

Já conhece a BRZ Empreendimentos?

Somos uma construtora com muitos anos de atuação no mercado, focada em realizar sonhos de quem deseja ter seu próprio apartamento com 2 quartos PREMIUM. Nossos empreendimentos ficam em charmosos condomínios exclusivos, que podem ser financiados pela linha de crédito Minha Casa Minha Vida, e contam com área de lazer completa, como é o caso do Portal Recanto das Camélias, em Pouso Alegre, e vários outros. Confira as opções pelo filtro de cidades em nosso site.

Se você ainda tem dúvidas sobre como financiar um apartamento, pergunte aos nossos consultores. Eles são altamente capacitados para orientar você em todos os detalhes da compra do seu imóvel.

Leia outras dicas em nosso blog e nos acompanhe também nas mídias sociais em Facebook, Instagram e YouTube.